Agênero e gay

Esta postagem é para responder à seguinte pergunta:

olá. durante muito tempo me identifiquei como um homem cisgênero, mas há algum tempo essa identidade já não me contempla mais. Hoje eu me identifico como não binário, principalmente numa identidade neutra de gênero (ou agênera). Apesar de eu não mais me identificar como homem, eu sinto que tenho questões e experiências ainda alinhadas a hombridade, principalmente quando o assunto é sexualidade (tenho atração por homens). Devido a isso eu ainda me identifico sexualmente como gay. O que vocês acham? Muito gente da comunidade gay diz que sou apenas gay, enquanto o pessoal da comunidade não binária diz que invalido identidades nb. =/

Historicamente, a identidade gay pertenceu a homens atraídos sexualmente apenas por outros homens. Essa conotação binária e sexual permanece até hoje, infelizmente. A identidade agora é acessível e reivindicada por homens assexuais e do espectro assexual que se atraem apenas por homens, pois as relações gays não envolvem apenas sexo, mas também afetividade, romanticidade, e outros tipos de relação. Um homem gay também pode se atrair por gêneros similares ao homem.

Você pelo visto sabe o conceito de alinhamento de gênero. Pois bem, pessoas alinhadas com o gênero homem podem acessar identidades feitas para homens. Então, por essa perspectiva, você pode se dizer gay. Essa apresentação sua pode não deixar em evidência que você é não-binário, mesmo que ela seja confortável de usar em certos espaços. Se você não se importar com isso, então está tudo bem.

Agora, se é importante também evidenciar sua não-binariedade, talvez a identidade gay não seja a melhor para seu caso (embora você ainda possa usar quando e onde quiser). Há uma identidade de atração específica para pessoas não-binárias (em geral) que se atraem por homens, exclusivamente ou pelo menos na maior parte do tempo): vir- (sexual, etc).

Você pode ver em certos espaços brasileiros pessoas usando a identidade andro-. Ela, assim como gine-, são controversas porque trazem uma conotação de atração por genitálias, o que é algo problemático e opressivo. Vir- é uma alternativa melhor e bem aceita.

E ressalto que você pode usar ambas identidades, gay e vir-, em espaços diferentes se assim quiser. Elas podem ser suas ao mesmo tempo.

A resposta da comunidade gay parece invalidar sua não-binariedade e/ou seguir a lógica do “mesmo sexo biológico”, o que é problemático. E a resposta da comunidade n-b parece ser apenas desconhecimento da flexibilidade da identidade. Bom, acredito que seja só isso que tenho a dizer.

~ Rubião


É muito comum que pessoas sem muito contato com pessoas não-binárias (inclusive pessoas NB que participam de espaços pouco diversos e com pouco espaço pra falar da diversidade de experiências NB) invalidem qualquer tipo de identidade que simplesmente… não sabiam que podia existir. Então, sim, sua identidade é válida.

Já citaram a identidade viramórica (virsexual/virromântica/etc.), também existe ma-/home-/homem- (massexual, homerromântico, etc.), e, se você é agênero, eu também posso citar a orientação yae- (yaessexual/yaerromântica/etc.), que foi cunhada recentemente para denotar atração de alguém agênero por homens. Se você prefere algo mais aberto, existe mascúlique (alguém LGBTQIAPN+ que sente atração por homens, exclusivamente ou não).

Se você considera que “ser homem” ainda faz parte de sua identidade de alguma forma (mesmo que seja pelo alinhamento de gênero), você pode se dizer homem agênero gay, ou homem gênero neutro gay, ou homem NB gay, o que evidencia tanto que você é homem e se atrai somente por homens, quanto que você não é uma pessoa binária. A invalidação ainda vai existir, mas ao menos você está explicando o que quer dizer com gay.

Talvez não seja o seu caso, mas conheço muitos casos de pessoas se apegando a uma conexão a um gênero binário que não está realmente lá por terem participado bastante de comunidades lésbicas/gays antes de se descobrirem NB. Realmente não existem muitos espaços para pessoas dóricas (não-binárias e atraídas por homens, exclusivamente ou não), em comparação com espaços para pessoas aquileanas (de homens que se atraem por homens, exclusivamente ou não), o que pode isolar alguém que quer se assumir NB. Talvez você queira refletir sobre isso e ver o que é melhor pra você.

Espero que nossas respostas tenham ajudado, e desejo boa sorte em sua jornada!

~ Ás

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s