E quem é gênero-fluido, mas atraíde só por um gênero?

Alguém que pediu anonimidade perguntou:

Oi. Queria saber se uma pessoa gênero-fluído pode usar termos quando flui. Se é mulher, lésbica, se é homem, hétero, se é nb, gine etc.

A versão curta da minha resposta é a seguinte:

Pode sim. Mas também pode usar termos que não mudam de acordo com o gênero ou que são específicos para quem é gênero-fluido se a pessoa não quiser confundir outras, ficar mudando os termos que usa ou mesmo não se sentir bem em classificar sua orientação como algo que a pessoa só é às vezes.

E aqui está a versão elaborada disso:

Existe mais de uma forma dessa pessoa se definir, e todas elas são válidas. Elas se resumem a trocar de rótulo de tempos em tempos, como no exemplo da pergunta, e a usar sempre o mesmo rótulo.

Pessoas não-binárias não precisam se conformar com expectativas binárias de como suas orientações devem funcionar. E isso pode incluir ter que aceitar que alguém pode às vezes ser mulher e ver o termo lésbique como adequado para si e às vezes ser homem e ver o termo hétero como adequado para si.

Porém, tem gente que não quer falar que é de uma orientação diferente cada vez, ou que não quer ter que ficar mudando perfis e coisas assim. Estas pessoas podem optar por diversas soluções:

A primeira é usar um termo específico para pessoas não-binárias. Alguns deles são feminamórique, viramórique, mártique, terrárique e venúsique. Qualquer pessoa cuja identidade de gênero pode ser caracterizada por mudar de tempos em tempos pode se dizer não-binária e por isso pode sempre usar tais orientações, mesmo que em momentos a pessoa seja completamente homem ou completamente mulher.

A segunda é usar um termo específico para sua situação. Femidux é alguém gênero-fluido que sente atração apenas por mulheres. Alguém fluoriane é homem, mulher e não-binárie e sente atração por homens (exclusivamente ou não), o que pode ser útil para pessoas cuja identidade de gênero flui entre gêneros binários e não-binários. Alguém umbaliane é homem não-binárie ou não-binárie e homem, e sente atração por mulheres (exclusivamente ou não), e este termo pode ser usado da mesma forma. Alguém bigenidiane é bigênero e sente atração por pessoas não-binárias, exclusivamente ou não, e pessoas gênero-fluido entre dois gêneros contam como bigênero.

A terceira é usar um termo geral aberto a qualquer gênero que a pessoa tiver. Alguém embinárique sente atração por pessoas não-binárias (exclusivamente ou não). Alguém femínique é LGBTQIAPN+ e sente atração por mulheres (exclusivamente ou não). Alguém mascúlique é LGBTQIAPN+ e sente atração por homens (exclusivamente ou não). Quem é bi, paro, gris, sans ou de outras orientações assim já está fazendo isso.

A quarta é algo que só estou sugerindo porque já vi pessoas fazendo: usar orientações fluidas. Já vi pessoas justificando que, por exemplo, se são gays quando homens e hétero quando mulheres, isso significa que sua orientação muda (ainda que seu funcionamento não mude). Daí essas pessoas usam abro ou mud, por exemplo. Eu não acho que tais termos foram cunhados para este tipo de uso, mas tecnicamente as definições podem ser interpretadas de forma que incluem tal experiência.

Algumas listas de termos para quem quiser explorar mais isso estão disponíveis aqui, aqui e aqui.

~ Ás

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s