O quanto uma atração no passado é relevante para alguém se dizer arromântique?

Miuzinha, que descreveu seu conjunto como “-a/ela” (interpreto aqui que -a se refira à letra A ser o final de palavra e que Miuzinha não usa ou não quis usar artigo?), enviou a seguinte pergunta:

– Sou arrômantica? –

Eu adoro romances ficcionais, é meu gênero favorito, gosto de ver casais se formando, até na vida real acho algo legal (apesar de preferir a ficção, pois não gosto de meter na vida pessoal de terceiros)… Porém, apesar da minha ideia positiva ao romance, não consigo mais sentir vontade em entrar num relacionamento.

Já pesquisei sobre arromanticidade muitas e muitas vezes, inclusive em inglês, a verdade é que já senti atração romântica uma vez durante minha vida (e isso faz quatro anos), porém:

1) Na época, eu também não queria necessariamente entrar num namoro com ele (não sabia da existência de RQP, olhando agora para o passado talvez seria isso que eu queria ter);

2) Sinto que sou uma pessoa que não sente mais atração romântica, lógico que é difícil falar com toda certeza, mas fazem quatro anos que senti essa tal ~atração romântica~, não foi uma experiência traumatizante nem nada do tipo, é só que consigo me sentir dessa forma por ninguém, mesmo eu conhecendo pessoas novas, independente do gênero.

Estou perguntando isso aqui porque fico com receio de me autodenominar arrômantica estrita, pois não consegui me identificar com nenhum dos outros espectros, sendo que também já senti atração romântica uma vez, talvez eu possa sentir de novo algum dia, mas minha vontade de ter um namoro é ZERO, desde quando nasci foi assim, nunca tive vontade, quando me forcei uma vez (por uma pessoa que eu não sentia nada) tive uma crise de ansiedade. Então gostaria de saber, sou arrômantica? Talvez eu seja fluída mas não tenho tanta certeza. Reforçando que sou 100% romance positive.

Obs: Não sei se é uma informação relevante, mas eu sou assexual estrita.

Eu acho que essa pessoa não deveria se identificar como arromântica estrita já que ela, em algum momento de sua vida, sentiu atração romântica, mesmo ela não querendo estar num namoro, ela sentiu tal atração, logo, acho que ela deveria usar outro termo. Como gray, asten, ou aro fluide, como ela disse.

~ Karu

Rótulos servem para você descrever sua situação num momento. Se neste momento de sua vida você acha que poderia se descrever como arromântica ou arromântica estrita, você pode usar estes termos, ainda que não sejam coerentes com a percepção de sua orientação no passado.

Também não vejo nada de errado em você se descrever como arromântica, aegorromântica, grisromântica ou arofluxo.

Arromântica, pra mim, seria o termo que faz mais sentido dentre o que você descreve: você não se vê tendo atração romântica atualmente, e ainda que você talvez você tenha tido ou vá ter essa atração, não é o suficiente para você querer se denominar como alguém que sente alguma atração romântica. Gostaria de lembrar que não há necessidade de se definir ou como arromântica estrita (alguém que nunca sente atração romântica) ou como grisromântica (alguém que só sente atração romântica de forma fraca, rara, vaga, condicional ou de outra forma não-alo); você pode só se dizer arromântica e ninguém vai ter direito de te questionar.

Dizer-se aegorromântica pode ser útil se você quer justificar seu gosto por romances alheios/na ficção ainda que você tenha pouca ou nenhuma atração romântica.

Grisromântica seria a opção que engloba muita gente com esse sentimento de que sentiu ou pode sentir alguma atração romântica. Pode ser uma opção, já que você tem dúvidas sobre onde está no espectro arromântico mas se vê nele.

E aí tem arofluxo, que é a opção caso você se veja como uma pessoa que flui entre sentir e não sentir atração romântica, e/ou entre mais de uma orientação no espectro arromântico.

Também acho que asten pode ser uma alternativa (como Karu falou), e mir se você se identifica com várias dessas coisas e não quer escolher um termo só ou listar vários.

Acho que pode ser importante ressaltar que é possível ter repulsa pela ideia de estar em relacionamentos românticos e usar um termo que denota a possibilidade de ter atração romântica, assim como é possível separar desejo sexual da possibilidade de ter atração sexual.

De qualquer forma, acho sempre bom lembrar e destacar nesses casos que quem decide quais termos você vai ou não vai usar é você, e que você sempre pode mudar com quais termos se identifica caso mude de ideia. O que oferecemos aqui são sugestões, não ordens. Também é possível que você se decida por alguma orientação não listada aqui, como outras desta ou desta lista.

Espero ter ajudado!

~ Ás

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s