Repulsa a atos românticos, mas não a relacionamentos?

Alguém perguntou:

existe alguma orientação em que você gosta da ideia de namorar alguém, mas ao mesmo tempo sente repulsa em relação a coisas consideradas românticas ou a se imaginar participando delas?

Primeiramente, acho que vale a pena lembrar que orientações geralmente são definidas a partir da presença ou ausência de atração romântica, e de acordo com as condições para que a atração possa ocorrer (caso existam).

Embora não haja nada de errado em usar termos que indiquem mais do que isso, esse tipo de sentimento conflitante pode ser compatível com a maioria das orientações românticas. Uma pessoa pode ser panromântica e ter repulsa a atos vistos como românticos, ou pode ser arromântica mas ter interesse em participar de relacionamentos românticos por desejar a intimidade implícita nelas, por exemplo.

Ainda assim, é comum que existam termos a-espectrais – ou que geralmente são vistos como pertencentes a tal guarda-chuva – que indiquem esse tipo de detalhe. Aqui estão alguns deles, e mais outros que podem encaixar:

Inactromântique, inactorromântique ou initiarromântique: Alguém que sente atração romântica e que tem vontade de estar em relacionamentos românticos, mas que sente repulsa a ações associadas com atração romântica.

Acorromântique: Alguém que sente atração romântica e que quer agir com base nesta atração, mas que ao mesmo tempo sente uma grande aversão a isso por conta de apreensão, experiências ruins ou outros receios relacionados a se envolver em relacionamentos românticos.

ARCromântique: Alguém que sente aversão, repulsa e/ou conflito (no sentido de ter sentimentos conflitantes) em relação a romance. Alguém ARCromântique não precisa ser arromântique.

Apotirromântique: Alguém que tem repulsa a romance. Algumas definições – mas não todas – também especificam que pessoas apotirromânticas nunca sentem atração romântica.

Cupiorromântique: Alguém que não sente atração romântica, mas que deseja participar de relacionamentos românticos.

Aegorromântique: Alguém que consegue gostar da ideia de romance e fantasiar ativamente sobre romance, mas que não sente atração romântica, e provavelmente nem vontade de participar de um relacionamento romântico.
Alguém que possui uma falta de conexão entre si e o objeto de adoração romântica, de forma que talvez até consiga imaginar na teoria como seria se apaixonar, mas sem conseguir.

Volitromântique: Alguém capaz de sentir atração romântica, mas que não a sente por ninguém em particular.

Entendo que talvez nenhum destes termos seja adequado para essa situação específica da pergunta; inactorromântique chega perto mas não se a pessoa em questão for cupiorromântica também. Se for esse o caso, talvez um termo novo tenha que ser cunhado.

~ Ás

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s